Nota de Pesar – Falecimento Padre Virgílio

A Comissão Justiça e Paz de Brasília – CJP/DF, por meio dessa nota, expressa profundo pesar e tristeza pelo falecimento do .
Ao mesmo tempo que lamentamos sua perda expressamos também nossa homenagem por toda o exemplo de vida deixado pelo Padre Virgílio, que foi membro fundador e teve um papel contínuo no desenvolvimento da Comissão Justiça e Paz de Brasília, ressaltamos também sua relevantíssima contribuição na fundação da nossa estimada CBJP – Comissão Brasileira Justiça e Paz, Organismo da CNBB, a qual foi membro vitalício.
Acompanhamos o relato da Comissão Brasileira Justiça e Paz que em perfeita síntese expôs a biografia do estimado Padre Virgílio:
“Acompanhou a transferência da sede da CNBB do Rio de Janeiro para Brasília, iniciando o seu percurso pastoral, permanecendo como assessor da CNBB desde quando a entidade se instalou no Distrito Federal. Em seguida, atuou por muitos anos como secretário executivo do MEB – Movimento de Educação de Base. Sempre contribuiu na Equipe de Análise de Conjuntura da CNBB, no empenho pela participação popular na Constituinte de 1986 e no apoio ao financiamento das Pastorais Sociais e Organismos, entre tantos destaques de sua trajetória. Mesmo depois de percursos de adoecimento, assumiu com profecia a Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Migrantes, do Lago Oeste, em Sobradinho/DF.”
E ainda acrescentamos, na Constituinte formou parte protagonista na Comissão que a Presidência (Dom Ivo e depois Dom Luciano) criou para assessorar o CEP e foi um interlocutor contínuo para acentuar aqueles fundamentos que ele, em ação missionária, realizou em prol dos direitos humanos, na exceção quando a tortura se tornou método da repressão política, e sua mediação foi fundamental para garantir direitos aos presos políticos incriminados pelo Sistema de Segurança do Poder; na reconstrução democrática, foi Igreja em Saída, junto aos periféricos e sem-teto, com a CJP-Brasília, em defesa do direito à moradia, conforme os valores da Doutrina Social da Igreja.
Relembramos com carinho e orgulho que Padre Virgílio foi um grande inspirador de nossa Comissão, verdadeiro mentor, compartilhando sua sabedoria com nosso colegiado e nossos seguidores em inúmeros momentos, ressaltamos aqui a Conversa de Justiça e Paz comemorativa do ano do Jubileu de nossa Arquidiocese, intitulada “A Dimensão Social da Arquidiocese de Brasília”, onde Padre Vírgilio compartilhou sua vida evangelizadora com nossa comunidade.
Somos gratos ao exemplo evangelizador e a sabedoria compartilhada por Padre Virgílio Leite Uchôa, uma vida de compromisso e dedicação à Igreja dos Pobres.

Por Comissão Justiça e Paz de Brasília

Você pode gostar também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.