Semana Mundial da harmonia inter-religiosa – 04/02/2016

Lançamento da Semana Mundial da harmonia inter-religiosa

De 1 a 7 de fevereiro, uma série de iniciativas e campanhas de sensibilização para promover o diálogo, a cooperação entre os povos e a tutela dos direitos humanos

Pixabay - CC0

Como todos os anos, na primeira semana de fevereiro, tem início a Semana Mundial da harmonia inter-religiosa, proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 2010. O objetivo do evento – que este ano se celebra de 1 a 7 de fevereiro – é promover o diálogo e a compreensão entre os seguidores de diferentes religiões, a fim de reforçar a harmonia inter-religiosa e a cooperação entre os povos, tutelar os direitos humanos através da construção de uma cultura de paz e tolerância.

Por ocasião deste evento – informa a Rádio Vaticano – a Assembleia Geral incentiva os Estados-Membros, as organizações intergovernamentais e não-governamentais, os líderes de movimentos inter-religiosos e da sociedade civil para difundir a mensagem de harmonia inter-religiosa e boa vontade nas igrejas do mundo, mesquitas, sinagogas, templos e outros lugares de culto. Para este efeito, serão realizados, durante toda a semana, eventos culturais e campanhas de sensibilização.

Às várias iniciativas desta edição, adere, entre outros, também o Kaiciid, o Centro Internacional para o Diálogo Inter-religioso e cultural “Rei Abdullah Bin Abdulaziz”. Fundado em 2012 em Viena pela Arábia Saudita, Espanha e Áustria e com a Santa Sé no papel de órgão observador, o Centro pretende promover o diálogo entre os seguidores de diferentes religiões e culturas do mundo, de modo a melhorar a cooperação, o respeito pela diversidade, a justiça e a paz.

Segunda-feira – informa o emitente – a organização participou das “Vésperas pela Paz” na famosa abadia beneditina de Melk, em Viena, com vários líderes religiosos austríacos, membros do Corpo Diplomático na Ocse e representantes da sociedade civil. Ontem, o Kaiciid e o Embaixador do Reino da Jordânia, convidaram o presidente austríaco Heinz Fischer para falar sobre a importância do diálogo inter-religioso para a solução dos muitos problemas que o mundo enfrenta hoje, incluindo o da crise dos refugiados.

Fonte: http://pt.zenit.org/

You May Also Like