A Titularidade de Direitos em Perspectiva Emancipatória – Um Ponto de Vista

Antes de me debruçar sobre o livro de Mauro Noleto, de 1998, fruto da dissertação que tive o gosto de orientar, na Faculdade de Direito da UnB, recupero do autor, atualmente Presidente da Comissão Justiça e Paz, da Arquidiocese de Brasília, um esboço de seu projeto de pesquisa em curso:  Sujeitos Coletivos de Direitos Constitucionais: A titularidade “achada na rua” dos direitos fundamentais no Brasil em face da jurisprudência do Supremo Tribunal Federal.

Leia mais:  Subjetividade Jurídica_Mauro Noleto

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *